Perguntas frequentes

    Apoio ao cliente Contratos Mercado livre e mercado regulado

    Como faço novo contrato com a EDP no mercado livre?

    Como contratar

    Pode aderir à EDP no mercado livre das seguintes formas:

    • Online
      Preencha o formulário de adesão com os seus dados pessoais e informação do local para onde pretende eletricidade e/ou gás natural.

    • Telefone
      Ligue para a nossa linha de atendimento 808 53 53 53 ou 217 53 53 53, disponível nos dias úteis das 8h às 20h.
    • Presencialmente
      Pode aderir em qualquer loja ou agente EDP. Encontre a loja ou agente mais perto de si.

    Eletricidade

    O prazo médio para a ligação de eletricidade é de 5 dias úteis.

    Deslocação de um técnico a sua casa

    A visita técnica é necessária nos seguintes casos:

    • Quando a eletricidade da casa não estiver ligada ou quando não esteja instalado um contador
    • Quando for pedida uma alteração da potência contratada, da tarifa horária ou do número de fases
    • Quando não existam leituras do contador há mais de 3 meses, na mudança de comercializador do mercado regulado para o mercado livre.

    Nos restantes casos, a mudança é simples e sem interrupção do fornecimento de energia: basta fazer novo contrato com a EDP Comercial ou mudar a titularidade do contrato atualmente ativo na casa em questão.

    Visita técnica

    Depois de celebrar o novo contrato receberá um SMS da EDP, num período entre 2 a 5 dias úteis, a indicar a data e a hora proposta para a visita de ligação de eletricidade. No momento da contratação, pode sugerir uma data e período horário pretendido para a ligação. Faremos todos os possíveis para cumprir essa data, estando pendente da disponibilidade do operador de rede de distribuição.

    Nova marcação e reagendamento

    Para alterar a data agendada inicialmente para a sua visita técnica, contacte-nos através das linhas de atendimento 808 53 53 53 ou 217 53 53 53, dias úteis das 8h às 20h.

    Caso necessite de reagendar a visita técnica, deverá fazê-lo no máximo até às 14h do dia útil anterior, para conseguirmos garantir a reorganização dos horários de visita. Caso não esteja presente (ou alguém por si indicado) na hora agendada e não nos tenha avisado atempadamente, poderão ser cobradas penalizações por parte do operador de rede.

    Gás natural

    O prazo médio para a ligação de gás natural é de 5 dias úteis.

    Certificação de gás

    As certificações de gás apenas são necessárias:

    • quando se trata de uma nova ligação, isto é, a casa não tinha fornecimento de gás natural ligado e/ou contador de gás
    • caso não apresente, no momento da adesão, o Certificado de inspeção válido e uma declaração em que atesta que não foram feitas alterações estruturantes à instalação de gás natural. Saiba mais aqui.

    No momento da inspeção, deve garantir que:

    • Os contadores de eletricidade e de água estão ligados
    • Os aparelhos estão preparados para receber gás natural e estão ligados à instalação
    • O exaustor está a funcionar durante o horário da visita para a inspeção
    • Se instalou recentemente um novo sistema de aquecimento central a gás ou um novo equipamento a gás (caldeira, esquentador ou outro), se encontra presente um técnico da empresa instaladora para que se possa realizar o teste de monóxido de carbono (CO)

    Visita técnica

    Depois de celebrar o novo contrato receberá um SMS da EDP, num período entre 2 a 5 dias úteis, a indicar a data e a hora proposta para a visita de ligação do gás natural. No momento da contratação, pode sugerir uma data e período horário pretendido para a ligação. Faremos todos os possíveis para cumprir essa data, estando pendente da disponibilidade do operador de rede de distribuição da sua área de residência.

    Eletricidade + Gás natural

    Oferta Dual

    Se optar pela oferta dual da EDP no mercado livre, o prazo médio de ligação são 5 dias úteis para a eletricidade e 5 dias úteis para o gás natural.

    Ligação de eletricidade e gás no mesmo dia

    Existe essa possibilidade, desde que a eletricidade seja ligada primeiro. Para testar a segurança da ligação do gás é sempre necessário ter a eletricidade e água ligada. Só assim será possível testar o funcionamento das caldeiras ou esquentadores. Saiba mais sobre a Certificação de gás.

     

     

    Documentos necessários

    Para celebrar um novo contrato de fornecimento com a EDP no mercado livre, deve enviar ou entregar os seguintes documentos:

    Residencial

    • Cartão de Cidadão para identificação do Número de Identificação Pessoal e Nº de Identificação Fiscal
    • Os códigos CPE e/ou CUI do novo local. Saiba o que são e onde pode encontrá-los aqui.
    • Comprovativo de IBAN, caso pretenda pagar as suas faturas por débito direto.
    • Um comprovativo que o legitime a fazer contrato na morada em questão, que poderá ser um dos seguintes:
        • Recibo de renda dos últimos 90 dias (3 meses)
        • Contrato de arrendamento ou de comodato;
        • Contrato de promessa compra e venda ou escritura de compra
        • Caderneta Predial com data inferior a 90 dias;
        • Fatura de um Serviço Público Essencial em seu nome (ex.: água, energia e telecomunicações) com data inferior a 90 dias;
        • Habilitação de Herdeiros
        • Contrato de cessão de exploração/ trespasse
        • Qualquer documento emitido pelas Finanças ou Segurança Social ou outra caixa de previdência social com data inferior a 90 dias e que tenha indicação da morada;
        • Atestado de residência emitido pela Junta de Freguesia.

    Condomínios

    • Cartão de Cidadão para identificação do Número de Identificação Pessoal e Nº de Identificação Fiscal, caso o administrador seja pessoa singular
    • Código de Certidão Permanente  e Cartão de Cidadão do representante que efetua o contrato, caso o administrador seja pessoa coletiva
    • Comprovativo de IBAN, caso pretenda pagar as suas faturas por débito direto.
    • Um comprovativo que o legitime a fazer contrato na morada em questão, que poderá ser um dos seguintes:
        • Certidão Predial + Ata da Assembleia do Condomínio
        • Fatura de um Serviço Público Essencial em nome do Condomínio (ex.: água, energia e telecomunicações) com data inferior a 90 dias;

    Negócios

    • Cartão de Cidadão para identificação do Número de Identificação Pessoal e Nº de Identificação Fiscal
    • Os códigos CPE e/ou CUI do novo local. Saiba o que são e onde pode encontrá-los aqui.
    • Comprovativo de IBAN, caso pretenda pagar as suas faturas por débito direto.
    • Código de acesso à certidão de registo comercial ou outro documento que comprove a legitimidade do representante para pedir contrato de energia em nome da empresa (exemplo: Cópia de estatutos ou atas)
    • NIPC - Número de identificação fiscal pessoa coletiva
    • Um comprovativo que o legitime a fazer contrato na morada em questão, que poderá ser um dos seguintes:
      • Escritura de Compra
      • Contrato Arrendamento
      • Habilitação Herdeiros
      • Certidão de constituição de empresa com sede social na morada do contrato
      • Contrato Promessa Compra e Venda
      • Fatura de um Serviço Público Essencial em nome da empresa (ex.: água, energia e telecomunicações) com data inferior a 90 dias;
      • Contrato de cessão de exploração/ trespasse
      • Contrato de comodato

    Conheça todos os planos de energiaserviços da EDP no mercado livre.

    Porque preciso de dar os dados adicionais do meu imóvel?

    Segundo a lei em vigor, todos os fornecedores de eletricidade e gás são obrigados a comunicar trimestralmente à Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) os dados dos contratos realizados e alterados a partir de 1 de janeiro de 2015.

    Os dados que temos obrigação legal de enviar à Autoridade Tributária (AT) são:

    1. Número de Identificação Fiscal (NIF) ou Número de Identificação de Pessoa Coletiva (NIPC) do proprietário
    2. Qualidade do cliente: proprietário, arrendatário, subarrendatário ou outro
    3. Identificação do imóvel (local de abastecimento): urbano ou rústico (artigo, fração, andar, secção e árvore/colónia)

    Esta informação pode ser encontrada nos documentos do imóvel: caderneta predial, escritura de compra e venda ou contrato de arrendamento.

    Informamos que a recolha destes dados é uma obrigação legal e do exclusivo interesse da AT. Para mais informações, consulte o artigo 125.º do Código do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI), o modelo 2 (IMI) e a Portaria n.º 119-A/2015 (Diário da República, 1.ª série — N.º 84 — 30 de abril de 2015).

    Pode indicar-nos estes dados através das linhas de atendimento 808 53 53 53 ou 213 53 53 53 (dias úteis das 8h às 20h) ou numa loja ou agente EDP.

    Mais pesquisadas

    Posso ter Tarifa Social?

    Pode, desde que cumpra as condições de elegibilidade definidas na lei. A Tarifa Social é um desconto adicional na eletricidade e/ou no gás natural que se destina aos consumidores economicamente vulneráveis e é acumulável a qualquer oferta da EDP Comercial.

    O que é a oferta em condições de preço regulado e como posso aderir?

    É possível que clientes do mercado livre voltem a contratar eletricidade em condições de preço regulado. Se o seu atual fornecedor não tiver disponível uma oferta nessas condições, poderá contratar a tarifa regulada no comercializador de último recurso.

    Como faço novo contrato com a EDP no mercado livre?

    Contratar os produtos e serviços da EDP no mercado livre é simples e não tem custos. Apenas precisa de ter consigo uma fatura de eletricidade ou de gás, consoante o serviço que quiser contratar, e escolher a forma como pretende aderir.

    Fale connosco

    Fale connosco caso não encontre resposta às suas questões.