Como funciona um bairro solar

Partilha de energia sustentável
 

Fases de um bairro solar

Descubra as fases do processo de criação de um bairro solar

  • Criação do bairro

    1
  • Angariação de Vizinhos

    2
  • Proposta Comercial EDP

    3
  • Construção do Bairro

    4
  • Partilha da energia solar

    5
  • Criação do bairro

    Durante a simulação, o Produtor indica o espaço disponível para a instalação de painéis, bem como informação de consumo. Com um resultado positivo, o Produtor cria um Bairro Solar EDP.

     

  • Angariação de Vizinhos

    Os vizinhos que estejam localizados próximo do produtor aderem ao Bairro, para poderem também receber parte da energia gerada. Quando estiverem angariados todos os vizinhos necessários, o bairro fica completo.

  • Proposta Comercial EDP

    Assim que possível, entraremos em contacto para verificação dos requisitos necessários para a construção do bairro, bem como para a apresentação da proposta comercial.

  • Construção do Bairro

    Instalamos os painéis solares no espaço do produtor, sem qualquer investimento.

  • Partilha da energia solar

    A energia produzida é distribuída por todos os membros do Bairro Solar (Produtor e Vizinhos) e todos beneficiam de um desconto no preço da energia solar que consumirem do Bairro.

Produtor

Tem espaço disponível para instalação de painéis solares? Pode ser um produtor. Basta criar um Bairro Solar e a EDP começa a procurar os seus Vizinhos. Pode participar nesta angariação, partilhando o seu Bairro com quem está próximo de si. Instalamos os painéis solares no seu espaço, sem qualquer investimento.
Recebe uma parte da energia produzida e beneficia de um desconto na energia solar que consumir do Bairro.

Quem pode ser produtor

Moradia

Condomínio

Empresa

Instituição Social

Vizinho

Quem não tem espaço para a instalação de painéis solares da EDP, pode ser Vizinho de um Bairro Solar. Apenas precisa de encontrar um Bairro Solar próximo de si e aderir.
Recebe uma parte da energia produzida e beneficia de um desconto na energia solar que consumir do Bairro, sem investimento.

Quem pode ser vizinho

Moradia

Condomínio

Empresa

Instituição Social

O que precisa de saber para criar um bairro
 

O que é um Bairro Solar?

Um Bairro Solar é uma comunidade onde se produz e se partilha energia solar renovável pelos seus membros: produtores e vizinhos. Os painéis são instalados no espaço do Produtor e todos beneficiam de um desconto na energia que autoconsumirem do bairro.

Como é feita a produção e consumo num Bairro Solar?

A produção é feita através dos painéis instalados no espaço do Produtor. Disponibilizaremos a cada membro do Bairro Solar informação sobre a energia solar produzida que lhe for alocada e a que efetivamente consumiu, entre outras informações relevantes.

Qual é o enquadramento jurídico do Bairro Solar?

O Bairro Solar enquadra-se DL 162/2019, que aprova o regime jurídico aplicável ao autoconsumo de energia renovável, e decorrentes regulamentos publicados pelas autoridades competentes.

O que precisa de saber para ser produtor
 

Quem pode ser Produtor de um Bairro Solar e quais as vantagens?

O Produtor do Bairro Solar pode ser qualquer pessoa, condomínio, empresa ou instituição social que tenha um contrato de eletricidade associado e espaço para instalação de painéis. O Produtor recebe parte da energia produzida com desconto e sem investimento

Sou produtor e já criei um bairro, o que tenho de fazer agora?

Ajudá-lo-emos a angariar vizinhos para o seu Bairro. Assim que possível, apresentaremos uma proposta contratual para cada membro do bairro. Após essa formalização, instalamos o sistema solar, será iniciada a produção e começam a receber energia e a poupar.

Sou produtor do meu bairro, como é feita a instalação dos painéis?

A instalação dos painéis é feita por técnicos certificados e especializados. Trata-se de uma instalação simples sem impactos relevantes na sua casa.

Quando o meu bairro tiver painéis, o que tenho de fazer como produtor e quais as vantagens?

Quando possível, apresentaremos a proposta comercial. Se aceitar, a energia consumida do Bairro Solar terá até 40% de desconto face ao preço de referência (tarifa simples). Como proprietária e gestora do sistema solar, a EDP Comercial assegura a manutenção

O que precisa de saber para ser vizinho

Quem pode ser Vizinho de um Bairro Solar e quais as vantagens?

Qualquer pessoa pode ser Vizinho de um Bairro Solar, desde que tenha um contrato de eletricidade ativo com a EDP Comercial e potência contratada até 41,4 KVA. Terá parte da energia com um desconto face ao preço referência EDP Comercial, sem investimento.

Sou vizinho de um bairro, o que tenho de fazer e quais as vantagens?

Quando possível, apresentaremos uma proposta comercial. Se a aceitar, a adesão ficará definitiva e a energia consumida do Bairro Solar terá até 20% de desconto face ao preço de referência da EDP Comercial (tarifa simples).

Notas legais

As informações disponibilizadas nos formulários de criação e de adesão aos Bairros Solares são meramente indicativas e não configuram qualquer compromisso contratual por parte da EDP Comercial ou a assunção de qualquer obrigação pela EDP Comercial no sentido de vir a apresentar uma proposta contratual e vinculativa no contexto dos Bairros Solares. Através do preenchimento dos referidos formulários ou da prestação de quaisquer informações, a EDP Comercial não garante a constituição dos Bairros Solares ou a sua criação nas condições apresentadas, sendo que todos resultados apresentados, designadamente no que se refere ao número de Vizinhos necessário para a criação dos Bairros Solares e aos valores de desconto na tarifa de energia solar, são meramente indicativos, não tomando em consideração as variáveis reais de que depende o cálculo de tais valores, mas somente as informações disponibilizadas no presente site pelos utilizadores, as quais são da sua exclusiva responsabilidade e não vinculam a EDP Comercial.

A informação constante dos simuladores, formulários e páginas do presente site não deve servir de base a qualquer tomada de decisão vinculativa pelos utilizadores nem dispensa a consulta das normas legais em vigor.