Perguntas frequentes

    Apoio ao cliente Área de cliente EDP Planeta Zero

    O que é o plano de Gás Natural com compensação CO2?

    O que é o plano de Gás Natural com compensação CO2?

    A queima de gás natural em contexto doméstico, nomeadamente na climatização, confeção de alimentos e aquecimento de águas sanitárias, emite CO2 para atmosfera. A quantidade de CO2 equivalente ao consumo de gás natural de cada cliente é apresentada na fatura de energia, com referência ao consumo faturado.

    A compensação das emissões é uma ação que permite a empresas, organizações, governos e indivíduos compensar as emissões de CO2 que não conseguiram evitar, através do investimento em projetos que reduzem as emissões de CO2 noutro lugar do mundo e que geram créditos de carbono. Devem escolher-se créditos de carbono validados por entidades terceiras credenciadas e que tenham por base os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas para 2030.

    Ao aderir à oferta dual da EDP Comercial, está a garantir a compensação da pegada carbónica associada ao consumo de gás natural na sua instalação. O portfólio de projetos apoiados pela EDP Comercial compreende iniciativas de redução de carbono nas áreas de agricultura sustentável, florestação e eficiência energética. Os projetos selecionados garantem não só a redução da pegada carbónica, como também contribuem para o desenvolvimento sustentável das comunidades locais onde estão inseridos, através da criação de emprego, acesso a água potável e energia, melhoria das condições de saúde e educação, entre outros. 

    Quais são os projetos apoiados pela adesão à oferta de gás com compensação de CO2 ?

    A EDP Comercial apoia um portfólio de projetos de compensação de CO2 que reduzem ou evitam emissões de carbono em vários países:

    - No Peru, com o cultivo e colheita sustentável de nozes.

    Através do investimento neste projeto será possível fazer o cultivo e colheita de nozes do Brasil na parte peruana da Amazónia de forma sustentável e mais tarde vendê-las diretamente no mercado de exportação internacional. Este projeto visa proteger cerca de 100 000 ha da Floresta da Amazónia. Saiba mais aqui.

    - No Brasil, visando a proteção da Floresta.

    Este projeto visa uma ocupação estratégica do território, assegurando a gestão sustentável dos produtos florestais. As comunidades locais são treinadas para guardar a floresta, evitando a extração ilegal de madeira. Da proteção da biodiversidade gera-se o orçamento e a alimentação destas famílias. A área do projeto cobre cerca de 150.000 ha de terra no município de Portel. Saiba mais aqui.

     

    - No Malawi através no fornecimento de água potável.

    A falta de água potável, saneamento e higiene coloca em risco a saúde da população local. O projeto consiste na restauração de poços comunitários. Os habitantes locais são treinados na montagem, manutenção e operação dos poços. Além de benefícios diretos na saúde, as famílias deixam de ter a necessidade de ferver a água, economizando lenha e evitando emissões de carbono. Saiba mais aqui.

    Fale connosco

    Fale connosco caso não encontre resposta às suas questões.