POUPE A SUA CARTEIRA A REPARAÇÕES SURPRESA AOS SEUS ELETRODOMÉSTICOS. SAIBA COMO EVITAR AVARIAS E FAZER UMA MANUTENÇÃO EFICAZ.

Existem três ideias na mente de qualquer pessoa no momento de comprar um eletrodoméstico: que tenha o mínimo de consumo possível, logo com uma classe de eficiência energética elevada; que seja ajustado à minha família em termos de tamanho e em termos de capacidade; e que tenha o mínimo de manutenção possível e dure bastante tempo.

Para que este último ponto se concretize, existem alguns cuidados que devemos ter desde o momento em que o aparelho entra em nossa casa. Dois dos primeiros aspetos a termos em atenção passam por colocar ou instalar o aparelho numa superfície plana e ler atentamente o livro de instruções, sobretudo a última parte do manual onde estão indicadas as várias precauções e cuidados a ter em conta com o eletrodoméstico em questão.

A segurança também é outro meio para prolongar a vida dos nossos eletrodomésticos. Ao termos preventivamente boas práticas corremos menos riscos que os aparelhos avariem. Devemos, por exemplo, desligá-los da tomada quando não estiverem a uso. Sabemos que nem sempre é tarefa fácil quando falamos de produtos pesados e de grande dimensão. Contudo, há outros como máquinas de café, microondas, robôs de cozinha ou torradeiras que não necessitam de estarem constantemente ligados à corrente.

Relativamente aos grandes eletrodomésticos existem cuidados mais específicos a ter, para além dos referidos anteriormente. Vamos conhecê-los?

Frigorífico

Um dos principais cuidados a ter com este eletrodoméstico é evitar abri-lo demasiadas vezes. Visto que, de todas as vezes que abrimos a porta do frigorífico, estamos a desperdiçar a sua temperatura. O calor entra e o compressor irá esforçar-se para repor a temperatura ideal. Uma dica é pensarmos no que precisamos de retirar do frigorífico para fazer o jantar, por exemplo. Depois é só retirar tudo de uma só vez e voltar a repor também ao mesmo tempo.

Outros cuidados passam por fazer uma limpeza às borrachas das portas – que pode ser feita com 250ml de água morna e duas colheres de sopa de bicarbonato de sódio ou com vinagre. Para testar a estanquidade pode colocar uma folha de papel entre as borrachas e o equipamento - se a folha cair é porque o equipamento não está estanque e está a perder energia. Neste caso é recomendado verificar o nivelamento do equipamento (pode estar muito inclinado para a frente) ou trocar as borrachas das portas. Por último, é importante recorrer à ajuda de técnicos profissionais sempre que tiver algum problema que comprometa o funcionamento do frigorífico.

Congelador

Caso o seu congelador não seja No Frost, deverá realizar a sua descongelação sempre que se justificar, no mínimo de dois em dois anos, de forma a não criar excesso de gelo e desperdício de energia.

Também a localização pode interferir muito na vida de um eletrodoméstico. O congelador, bem como o frigorífico e arca, deverá estar numa zona fresca e com boa ventilação. Não coloque perto de uma fonte de calor – como placas e fogões – para que este não trabalhe de forma excessiva para compensar a temperatura a que está sujeito.

Máquina de lavar loiça

Existem alguns erros que cometemos com este produto que põem em causa a sua durabilidade. Colocar resíduos de alimentos é um deles. Devemos limpar a nossa máquina de lavar loiça com produtos próprios existentes em supermercados, com bicarbonato de sódio ou apenas num programa de água mais quente, mas sem loiça – e colocar sal dado que ajuda a quebrar a comida e a gordura.

ComoCuidarElectrodomesticos_secundaria_2

Outro cuidado a ter é verificar os filtros que se encontram no fundo na cavidade da máquina, para que estes não acumulem excesso de resíduos. Caso esse mesmo filtro seja removível, pode limpá-lo com água e sabão.

Máquina de lavar roupa

Encontrar moedas na máquina de lavar roupa ou esta ficar entupida por causa de uma meia, são coisas que acontecem frequentemente e acabam por danificar o aparelho. Para evitar que isso aconteça, verifique os bolsos da roupa antes de a colocar na máquina e coloque as pequenas peças, como as meias, em sacos de rede pró-prios para que estas não fiquem presas no interior da máquina. Deve, também, verificar e limpar o filtro onde estas pequenas peças – meias, moedas e até botões – por vezes ficam presas.

A limpeza da gaveta onde colocamos o detergente também é fundamental. Ao fazê-lo frequentemente, faz com evitemos que o detergente acumule e cause ferrugem ou deixe um excesso de gordura que pode causar fungos e bactérias. Para o interior da máquina, pode usar desincrustantes próprios que encontra nos supermercados. Basta usá-los com a máquina vazia e a uma temperatura alta.

Um outro cuidado a ter passa por evitar sobrecarregar a máquina. Caso contrário pode desgastar a estrutura interna do aparelho.

Fornos

A menos que o seu forno tenha um modo de lavagem automática, deve ter muita atenção nos produtos que usa para o limpar, pois grande parte deles contém químicos e componentes abrasivos que podem danificar o interior do seu forno.

ComoCuidarElectrodomesticos_secundaria

As borrachas do mesmo devem também ser limpas. Verifique sempre se estas vedam bem o forno para evitar perdas de calor e acumulação de sujidade - o truque da folha, sugerido para o frigorífico, também pode ser realizado aqui.


Estas são apenas algumas dicas para cuidar dos seus eletrodomésticos. Contudo, em caso de dúvida ou problema, deve contactar a marca e pedir assistência Os seus equipamentos agradecem, e a sua carteira também já que estará a prevenir avarias e evitar reparações dos seus eletrodomésticos.