Política de Biodiversidade

Com a implementação da sua Política de Biodiversidade, o Grupo EDP contribui para o objectivo mundial de reduzir a perda de biodiversidade decorrente da actividade humana.

Em particular, a EDP:
 
> Tem consciência da sensibilidade dos ecossistemas naturais e das pressões a que os mesmos estão sujeitos, bem como do valor intrínseco das iniciativas que visem a protecção da biodiversidade;

> Possui uma experiência significativa de minimização dos impactes sobre a biodiversidade, que decorrem das suas actividades;

> Quer ter um papel ainda mais activo na conservação e promoção da biodiversidade.

Nas suas empresas, a EDP considera a biodiversidade como parte integrante da gestão, com o objectivo de obter um balanço global positivo de impacte sobre a biodiversidade.


Para tal, a EDP compromete-se:
 

1. Integrar a avaliação dos impactes na biodiversidade, em todas as fases das suas actividades: projecto, construção, exploração e desmantelamento de infra-estruturas de Produção e Distribuição de energia;

2. Minimizar os impactes negativos na biodiversidade, decorrentes das suas actividades, e potenciar os positivos. Quando os primeiros não possam ser evitados, compromete-se recorrer a medidas de compensação consensuais, que permitam atingir um balanço global favorável;

3. Contribuir para aprofundar o conhecimento científico sobre os diferentes aspectos da biodiversidade, designadamente através do apoio a instituições seleccionadas de forma transparente e de acordo com critérios de elevada competência técnica;

4. Reforçar o diálogo e as parcerias com entidades públicas ou privadas em matéria de biodiversidade;

5. Proceder ao relato regular e transparente do seu desempenho em matéria de biodiversidade, verificado por entidades independentes, e promover consultas regulares às diferentes partes interessadas.



O Conselho de Administração Executivo
Junho de 2007

 

 

 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.