Parcerias

Para além de projetos A2E próprios, a EDP estabeleceu parcerias no âmbito do Acesso à Energia com várias entidades e objectivos. Conheça estas parcerias.

A EDP é membro da direção da Aliança para a Eletrificação Rural, cujo foco passa pela promoção e desenvolvimento de soluções de energia renovável off-grid em países em desenvolvimento e mercados emergentes. Esta associação internacional, com mais de 70 membros entre indústria, Academia e ONG, serve para a partilha de conhecimento e melhores práticas no acesso à energia.

Saiba mais:
ARE: The Alliance for Rural Electrification

A EDP é membro da iniciativa criada pelo ex-presidente dos EUA Bill Clinton, cuja missão passa por promover parcerias, aconselhamento estratégico e capacitar as organizações do setor privado, setor público e sociedade civil para criar soluções para os desafios mais prementes do mundo e maximizar os seus esforços para aliviar a pobreza, criar um ambiente mais limpo, e aumentar o acesso à saúde e educação.

Saiba mais:
Clinton Global Initiative

A EDP é membro da rede de peritos, que constitui uma plataforma de discussão entre empresas europeias de serviços públicos de energia que promovem o acesso à energia fora da Europa, com vista a compreender as oportunidades de negócios decorrentes de tais compromissos, partilhar as melhores práticas de projetos de A2E e promover a cooperação para projetos específicos.

Saiba mais aqui:
EURELECTRIC

Celebrámos, a 1 de novembro de 2011, um Memorando de Entendimento com a agência de energia moçambicana, com vista à promoção do acesso à energia para o desenvolvimento em Moçambique, redução da pobreza e melhoria das condições de vida da população.

Saiba mais:
FUNAE: Fundo da Energia

A EDP é Core&Implementing Partner desta iniciativa público-privada, liderada pela Fundação das Nações Unidas, com orçamento de USD $50 milhões, que pretende promover, até 2020, o acesso de 100 milhões de habitações a soluções de cozinha e combustíveis limpos, no sentido de melhorar as condições de vida das populações e combater as alterações climáticas.

Saiba mais:
Global Alliance for Clean Cookstoves
 

A EDP estabeleceu uma parceria, em janeiro de 2014, com a empresa estatal de Abu Dhabi para identificação de áreas de colaboração e exploração conjunta de projetos de energias renováveis “utility-scale” (eólico, solar) bem como de acesso à energia para o desenvolvimento.

Saiba mais:
MASDAR

EDP is a practioner Network Member da iniciativa pioneira da Fundação das Nações Unidas para a promoção do acesso universal à energia até 2030 e participação no desenvolvimento de abordagens para a concretização desta meta.

Saiba mais:
Sustainable Energy for All: Access to Energy for Development

A EDP é parceira no âmbito do programa de mini-grids da UNEP, que tem como objetivo provar que as soluções descentralizadas de energia limpa nos países em desenvolvimento são comercialmente viáveis e sustentáveis. Em conjunto, a EDP e a UNEP irão realizar um projeto-piloto, Green Mini-Grid, em Moçambique, com o intuito de fornecer serviços básicos de energia a um preço acessível em locais sem acesso à rede de distribuição.

Saiba mais:
United Nations Environmental Programme

A EDP é parceira desta organização, cujo propósito passa por encontrar soluções para desafios globais, tais como energia, saúde e género, através da mobilização de pessoas, ideias e recursos.

No âmbito da Conferência para o Desenvolvimento Sustentável Rio+20, em junho de 2012, teve lugar a realização conjunta do Rio+Social, evento que promove o diálogo sobre questões que vão desde a tecnologia e energia sustentável à erradicação da pobreza.

Saiba mais:
UN Foundation
Rio + Social

A EDP é participante da ação PPPDRR: Public-Private Partnership for Disaster Risk Reduction, conduzida pela UNISDR, acrónimo de Estratégia Internacional das Nações Unidas para a Redução de Desastres, que fomenta o envolvimento do setor privado na prevenção de desastres e na redução de risco.

Saiba mais:
UNISDR

A EDP é membro do grupo de trabalho Energy Access & Village Inventory, que publicou em 2013 um estudo World Energy Perspectives: White Paper on Village Inventory, no sentido de demonstrar que um dos pré-requisitos para garantir o acesso à energia é compreender as necessidades das populações que vivem em áreas remotas e a disponibilidade de recursos naturais e humanos locais para dar resposta a essas necessidades energéticas.

Saiba mais:
WEC: Energy Access

A EDP estabeleceu uma parceria com o Instituto Camões, em 2014, que visa contribuir, no âmbito da Cooperação Portuguesa, para a implementação de projetos de acesso à energia para o desenvolvimento, em sintonia com a iniciativa das Nações Unidas, Sustainable Energy For All (SE4ALL). Pretende-se reforçar e promover o recurso às energias alternativas pelas populações de baixo rendimento dos países de língua oficial portuguesa, promovendo também o envolvimento de outros stakeholders nacionais como instituições académicas, empresas e ONGD.

Saiba mais:
Camões - Instituto da Cooperação e da Língua


 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.