sustentabilidade > Abordagem à Sustentabilidade > Índice EDP de Sustentabilidade > Sustainability Balanced Scorecard (SBSC)

Sustainability Balanced Scorecard (SBSC)

A EDP estabeleceu como referencial de gestão de sustentabilidade o modelo de avaliação do índice Dow Jones de Sustentabilidade, desenvolvido pela RobecoSAM.

O desempenho em Scorecards/Measurement Systems, da dimensão económica do questionário anual de sustentabilidade da RobecoSAM, é um dos critérios de avaliação.

Neste critério, a diferença de desempenho da EDP para o melhor do setor tem vindo a diminuir, tendo atingindo desde 2009 a pontuação máxima absoluta (100), com exceção do ano 2011.

Para o resultado alcançado, contribuiu a concretização da linha orientadora da gestão de sustentabilidade até 2012 (“Aprofundar a integração da Sustentabilidade e da Gestão Ambiental  nos Sistemas de Gestão e de Controlo do Grupo”) num dos projetos do Plano Operacional de Sustentabilidade e Ambiente, revisto anualmente: SBSC- Desenvolvimento de um Balanced Scorecard de Sustentabilidade do Grupo EDP.

Decidiu-se numa primeira abordagem, mais pragmática, avançar para a construção de um Índice de Sustentabilidade (IS) a integrar posteriormente no Scorecard do Grupo EDP.

Assim, em 2008, o índice de sustentabilidade da EDP (IS) foi integrado no scorecard do Grupo como uma medida do desempenho de sustentabilidade, sendo composto por 26 indicadores ESG (environmental, social and governance), inseridos nas três dimensões do desenvolvimento sustentável.

Em 2013, procedeu-se à revisão do IS, que resultou não só da apresentação da nova estratégia para o Grupo EDP, como também da crescente importância da disponibilidade de informação sobre sustentabilidade.

O novo IS é agora composto por 33 indicadores ESG, que se inserem num total de 10 critérios repartidos pelas três dimensões do desenvolvimento sustentável. Face ao IS antigo, foram retirados alguns indicadores para os quais a evolução comparativa era praticamente inexistente e introduzidos indicadores, cuja análise detalhada pode ajudar não só a reduzir o risco financeiro e o risco social, como também a aumentar as oportunidades de investimento e a acompanhar melhor o desempenho da ecoeficiência operacional.

Trata-se de um índice de base fixa, referenciado a três períodos anteriores (2010 a 2012), que à semelhança do índice anterior, será calculado trimestralmente.

Os pesos atribuídos a cada critério e dimensão refletem a importância dada pela RobecoSAM.

 

Índice de Sustentabilidade da EDP



(clique na imagem abaixo)


SBSC


 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.