Como combater o desperdício alimentar

Como combater o desperdício alimentar

“Come tudo, não deixes comida no prato, que há crianças que nem sequer têm o que comer”.

Possivelmente esta frase é-lhe familiar, ouvida muitas vezes na infância, perante um prato não acabado. A frase, que atacou a consciência de alguns na meninice, nunca fez tanto sentido como nos dias de hoje.

Come-se muito, mas também se desperdiça muito. Assim é o retrato de uma sociedade de consumo, em que um terço de toda a produção alimentar é desperdício. Só na Europa, cerca de 88 milhões de alimentos são desaproveitados anualmente, enquanto um terço da população mundial passa fome. No nosso país, 1,3 milhões de toneladas de alimentos são deitados para o lixo, enquanto 300 mil portugueses não têm o que comer.

 Responsável por uma emissão de gases de efeito estufa equivalente à da rede global de transportes terrestres, “se o desperdício alimentar mundial fosse um país, seria o terceiro emissor destes gases, logo a seguir à China e aos Estados Unidos da América, contribuindo para o aquecimento global”, de acordo com a Food and Agriculture Organization, das Nações Unidas.

Ou seja, a balança está muito desequilibrada e parte da responsabilidade é de todos nós, enquanto consumidores, mas também de todos os atores da cadeia alimentar, desde quem produz (agricultores e fabricantes alimentares) até àqueles que os disponibilizam (retalhistas e setor hoteleiro), passando pela falta de regulação e fiscalização dos órgãos políticos. Cabe a cada um assumir a sua parte e fazer valer sempre a máxima de Lavoisier: “Na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma”.

 Ser mais consciente e criativo na hora de cozinhar é meio caminho para combater o desperdício. Mas temos mais dicas.

COMPRAS CONSCIENTES

Esta dica é das mais importantes. Na hora de ir ao supermercado leve uma lista já feita do que realmente precisa. Não caia na tentação das promoções que, por vezes, fazem comprar coisas das quais não precisamos. Evite, também, iludir-se pelo tamanho do produto. Várias são as vezes em que compramos a embalagem maior por ser mais barata, mas o que pode acontecer é não consumirmos a totalidade do produto, havendo desperdício.

CASCAS DELICIOSAS

Se há atitude zero desperdício, é a de aproveitar ao máximo as cascas. Como? Há várias soluções. Por exemplo: as cascas de batata ficam super crocantes no forno, basta temperar com um pouco de sal e paprica. Já as cascas dos limões podem dar ótimos óleos essenciais para aromatizar a casa e as de cebola e de outros legumes servem para caldos e sopas.

 FRONHAS QUE VIRAM SACOS

 Aproveite as fronhas velhas e transforme-as em sacos de pão! Além de o conservarem bem, estará a dar uma nova vida a um produto que iria para o lixo.

CONGELAR É APROVEITAR

 Muitas são as vezes que cozinhamos a mais e sobra comida. Se não gosta de comer a mesma refeição duas vezes seguidas, congele. Além de estar a reaproveitar comida, também evitará cozinhar em dias em que esteja mais ocupado. Ou sem vontade!

AS SOBRAS DÃO NOVOS PRATOS

 Ainda no seguimento da dica anterior, pode aproveitar as sobras de uma refeição para fazer outra completamente distinta. Se sobrou carne assada, faça um empadão; se sobraram vegetais, faça uma quiche. As opções são muitas!

SABER LER PRAZOS DE VALIDADE É UMA REGRA DE OURO

 Vários produtos, como cereais, azeite e bolachas, têm escrito na embalagem “consumir de preferência antes de/até ao fim de”, isso significa que – quando devidamente conservados – estes produtos podem ser consumidos além da data indicada.

COMPRA O QUE A MAIORIA NÃO QUER

 Sabia que, diariamente toneladas de fruta e legumes não são aceites para venda em grandes superfícies devido ao seu aspeto? Foi este o ponto de partida, em 2013, do projeto Fruta Feia. Atualmente já atuam em Lisboa, Amadora, Cascais, Almada, Porto, Gaia, Matosinhos e Braga e, nos últimos anos, evitaram que duas mil toneladas de alimentos fossem parar ao lixo somente pela sua aparência.

Como pode ajudar? Encomendando aqui a sua fruta e legumes. Pode escolher o cesto mais pequeno com 3/4kg e cinco a sete variedades ou o grande com 6/8kg e sete a nove variedades.

 A app Too Good To Go também foi criada com o objetivo de combater o desperdício, mas neste caso de comida produzida - em restaurantes, hotéis, e pastelarias, entre outros. Anualmente, um terço da comida produzida a nível mundial acaba no lixo e é justamente isto que esta aplicação portuguesa pretende combater.

Ao usar a Too Good to Go podes escolher o restaurante ou pastelaria e comprar o excedente de comida que não vai ser vendido no dia, a um preço mais reduzido. Além de poupar, ajudará a evitar que a comida acabe no lixo.

 A Phenix App tem o mesmo princípio, permitindo comprar, a baixo custo, os excessos de restaurantes, hipermercados, padarias e outros setores de alimentação. Por um preço baixo pode levar para casa um jantar, um lanche ou outra refeição e evitar assim desperdícios.

Lembre-se: temos o dever e a responsabilidade de EVITAR O DESPERDÍCIO E tratar os alimentos de forma ética e consciente.

EXCLUSIVOS PLANETA ZERO

apoiar projeto

Apoiar Projetos

Vote e apoie iniciativas sustentáveis e ajude quem ajuda o planeta.

sorteios

50 Packs Smart

Ganhe um pack living e seja mais verde!

Até 31 mai 2022

sorteios

Retiro de Yoga

Conexão em cada respiração num retiro de yoga com 2 noites no BukuBaki Eco Resort.

Até 31 mai 2022

sorteios

Bicicleta elétrica

A forma mais limpa de “voar” pela cidade! Made in Portugal, a pensar no planeta.

Até 30 jun 2022