Se se prepara para converter a sua empresa numa empresa com energia solar, há algumas decisões que tem de tomar, como os painéis mais adequados para as suas necessidades

COMO FUNCIONA UM PAINEL SOLAR

Tal como o nome indica, os painéis solares produzem eletricidade a partir da energia do sol. Ou seja, os raios solares incidem nas placas fotovoltaicas, compostas por materiais semicondutores, e a energia recebida é transformada em eletricidade.

Se está a pensar que esta fonte de energia só é viável durante o verão, desengane-se. Antes de mais, é importante esclarecer que luz solar e sol não são a mesma coisa: a luz solar existe durante todo o ano, mesmo nos dias de inverno mais cinzentos, e, por isso, um painel solar consegue produzir energia o ano inteiro. Claro que, na estação fria, em que os dias são mais curtos, a produção de energia será menor do que no verão, sobretudo entre maio e agosto, meses com mais horas de luz solar.

Depois, esta é armazenada em baterias, até ser convertida em corrente alternada, de forma a dar resposta às necessidades de consumo de energia da sua empresa. O excedente pode ainda ser vendido à rede, tornando-se uma fonte extra de rendimento.

ESCOLHA OS PAINÉIS SOLARES MAIS ADEQUADOS PARA A SUA EMPRESA

Escolher o tipo de painel solar que deve instalar na sua empresa não é assim tão simples. Existem vários tipos de painéis, com custos e rendimentos diferentes:

  • Painéis Monocristalinos - painéis fabricados em larga escala, o que torna o seu preço mais barato, no entanto, a eficiência por metro quadrado é menor, tal como o seu tempo de vida útil
  • Painéis Policristalinos - as grandes vantagens deste tipo de painéis são a durabilidade e o custo de produção baixo. No entanto, a eficiência é menor, devido à baixa pureza do polisilício, além de que a área de colocação dos painéis tende a ser maior, com mais placas solares, o que aumenta o investimento inicial
  • Painéis de Filme Fino - considerados os melhores painéis existentes, têm uma vida útil superior a 30 anos, no entanto, o seu preço é superior

O melhor é mesmo aconselhar-se com um especialista, para que este o possa ajudar a escolher a melhor solução para a sua empresa e a simular a sua poupança.

Além do tipo de painel, deve também dimensionar o sistema de acordo com as características da sua empresa ou negócio – como o consumo energético, o horário de atividade, períodos de férias, etc.: as suas necessidades energéticas vão influenciar o número de painéis solares que deve instalar.

Por exemplo, se estivermos a falar de uma empresa de pequenas dimensões, com apenas alguns computadores e outros aparelhos de baixo consumo, irá precisar de um sistema muito mais pequeno do que no caso de uma grande fábrica, com muitas máquinas a funcionar.

ONDE INSTALAR OS PAINÉIS SOLARES DA SUA EMPRESA

Os painéis solares podem ser instalados em praticamente qualquer sítio ao ar livre. No entanto, há algumas questões que se devem ser tidas em consideração para que se possa tirar o máximo partido do investimento.

Antes de mais, cada painel necessita de um espaço com aproximadamente 2 m2. Assim, quanto maior for a central fotovoltaica que pretende instalar, mais espaço disponível terá de ter.

Além disto, os painéis devem estar o mais expostos possível à luz solar, ou seja, não devem ser instalados em locais com sombras, sob pena de afetar a produção de eletricidade.

Por fim, deve ter-se em conta a inclinação ideal para os painéis, já que a luz solar não é constante a todas as horas nem durante as estações do ano. Em Portugal - que está no hemisfério norte - por norma, os painéis deverão ser instalados virados para sul. Mas para tomar a melhor decisão, é fundamental que contacte um especialista.

Quais são os custos associados à montagem de uma central fotovoltaica

O custo de uma central fotovoltaica depende do tipo e potência escolhidos, podendo variar entre algumas centenas de euros até alguns milhares. Para ter uma solução à medida, pode contactar a EDP.

No entanto - e apesar do avultado investimento - não deve esquecer-se que estes custos são apenas iniciais: os painéis solares têm custos de manutenção praticamente nulos. Além disto, o tempo de vida médio de um painel solar é de 25 anos, sendo que se estima que o investimento inicial seja pago, em média, entre 6 a 12 anos.

Desta forma, a médio e longo prazo, o dinheiro gasto inicialmente acaba por compensar e, rapidamente, terá o retorno do seu investimento.

Além disto, a poupança energética permite reduzir os custos fixos de uma empresa, o que, no limite, significará a possibilidade de aumentar a rentabilidade ou reduzir o preço dos produtos finais.

Por último, poderá ainda ter acesso a um programa de incentivos, que tornará mais fácil este investimento. Para saber mais sobre estas e outras vantagens da Energia Solar, consulte este artigo.

EXEMPLOS A SEGUIR: EMPRESAS QUE JÁ ADOPTARAM A ENERGIA SOLAR

Há empresas em Portugal que dão agora os primeiros passos rumo a uma existência mais sustentável. No entanto, outras já começaram a trilhar este caminho há mais tempo e são hoje exemplos inspiradores, pelas suas práticas e pela forma como adotaram a solução da energia solar. É o caso de:

Nova SBE - Foi instalada uma central fotovoltaica com 250kWp em regime de autoconsumo, na Nova School of Business and Economics, em Cascais. Esta central conta com cerca de 1.000 painéis e uma potência de 270Wp. Com um investimento de 220 mil euros, o retorno é esperado em cinco anos. O projeto proporcionará uma produção anual superior a 340MWh/ano, o que representará 290t de emissões de CO2/ano evitadas, 28% de redução no consumo de energia e 35% de redução na fatura de energia, o que representará uma poupança anual de 42 mil euros para a Nova SBE.

Revigrés - A empresa procedeu à instalação de mais de 3600 painéis, com uma produção anual superior a 1000 MWh, o que permitirá uma redução das emissões de CO2 em 526 toneladas por ano e uma redução de 6% do consumo elétrico.

Central de Cervejas - As unidades da Cervejeira de Vialonga e da Sociedade de Água de Luso foram as escolhidas para a instalação de duas central fotovoltaicas de 1MWp em regime de autoconsumo. No total, foram instalados cerca de 6.300 painéis, com uma produção anual superior a 2845 MWh.

Silvex - A Silvex instalou uma central fotovoltaica com 3.556 painéis, o que permite uma produção anual superior a 1.308 MWh/ano e uma poupança anual de cerca de 150 mil euros.


Contacte a EDP para saber a melhor solução para a sua empresa

1. A oferta de Energia Solar EDP para empresas é customizada às suas necessidades e às necessidades do seu negócio.Em primeiro lugar, faça uma simulação e, na sequência desse estudo, pode requerer uma visita técnica, que lhe permitirá esclarecer dúvidas ainda antes de tomar uma decisão.
2. Após a adjudicação, a equipa EDP realizará o projeto ideal para a sua empresa e a instalação.
3. Já em funcionamento, a EDP continuará a assegurar a monitorização, manutenção e assistência técnica. Tudo para que tenha a certeza de que tomou a melhor decisão.