PARA EVITAR TER CALOR OU FRIO DENTRO DE CASA, SAIBA O QUE DEVE TER EM CONTA PARA ESCOLHER O AR CONDICIONADO IDEAL

Em estações mais quentes surge a pergunta: como arrefecer a minha casa? O mesmo também é válido para as estações mais frias mas a pergunta inverte-se: como aquecê-la da forma mais eficaz e sem gastar muita energia? Para ambas as dúvidas a resposta é a mesma: a opção mais eficiente e que gera maior poupança é o ar condicionado – com a vantagem de garantir uma climatização eficaz ao longo de todo o ano, resolvendo dois problemas com uma só solução. Mas qual escolher?

1. Quantas divisões pretende aquecer ou refrigerar?

Há algumas questões que deve colocar antes de tomar uma decisão: Quantas divisões quer climatizar em sua casa? E quais as respectivas áreas? Que tipos de ar condiciondo existem? São simples de instalar?

Ar condicionado portátil

Concentra numa única unidade todas as componentes. Por não exigir instalação por um técnico credenciado, pode parecer mais simples. No entanto, o ar condicionado portátil tem uma série de constrangimentos, em particular o facto de ser necessário garantir uma saída de ar para o exterior e o facto de a sua eficiência ser muito inferior face a um ar condicionado fixo. Ou seja, no final, vai consumir muito mais energia para aquecer a mesma divisão, para além das dificuldades em manter a temperatura no interior estável.

Ar condicionado fixo

Requer uma pré-instalação de ar condicionado. As casas mais modernas já a costumam ter. Se não for o caso seu, vai necessitar de fazê-la. Isto porquê? Porque o ar condicionado fixo necessita de, pelo menos, duas unidades, uma interior e uma exterior, que estejam ligadas entre si.

O ar condicionado fixo pode, então, ser de dois tipos: monosplit ou multisplit.O monosplit liga uma unidade exterior a uma única unidade interior e o multisplit liga uma unidade exterior a várias unidades interiores.

Se pretende climatizar apenas uma divisão o monosplit é a solução mais indicada. Se quiser ter um ar condicionado em mais de uma divisão da casa, então é recomendado um multisplit, sendo que este pode ligar até cinco unidades interiores, ou seja, pode climatizar, com uma única unidade exterior, até cinco divisões diferentes.

Quanto mais potente for a unidade exterior, a mais unidades interiores a poderá ligar. Ou seja, quando escolher o equipamento deverá ter em conta não só as necessidades atuais como potenciais necessidades futuras. A solução ideal pode passar pela combinação dos dois tipos de sistemas, monosplit e multisplit. Faça uma simulação e descubra qual a melhor solução para si e para a sua casa.

escolhero melhor ar condicionado secundaria

2. Quais as áreas onde quer usar ar condicionado?

É muito diferente querer utilizar o ar condicionado em zonas comuns, como a sala, ou querer utilizá-lo nos quartos. Qual a área que quer climatizar em sua casa? Esta é uma das questões que deve colocar porque vai influenciar bastante a escolha. Porquê? Porque quanto maior a área que pretende aquecer ou refrigerar, maior a potência que o seu aparelho precisa de ter. Ou seja, por norma uma sala de estar, por ser maior, precisa de um aparelho com uma potência superior à de um aparelho instalado num quarto de dormir. E não vale a pena medir a área de toda a casa: os aparelhos de ar condicionado funcionam por divisão.

A localização da sua casa também influencia o dimensionamento do aparelho. Se a sua casa se localiza numa zona com grandes amplitudes térmicas, vai necessitar de um equipamento com maior potência.

Considere calafetar janelas e isolar a sua casa antes de adquirir um ar condicionado.


3. Qual a eficiência energética ideal?

Uma das grandes dúvidas em relação ao ar condicionado a escolher é qual a potência adequada a cada casa, de forma a garantir que efetivamente consegue regular a temperatura das divisões em causa. Para isto, tem de ter em conta os BTU (British Thermal Unit, unidade térmica britânica), que são a unidade de medida que determina a potência de um ar condicionado.

Quanto maiores forem os BTU de um ar condicionado, maior será a capacidade de aquecimento e arrefecimento do aparelho.

Para fazer esta conta deve ter em consideração a área da divisão, ou divisões, em questão, mas também fatores como o número de pessoas que geralmente usam essa divisão, a potência dos restantes equipamentos elétricos que estão no espaço ou o isolamento térmico. Descubra quantos BTU são necessários para climatizar a sua casa .

4. Instalação por técnico credenciado

O ar condicionado é um sistema com requisitos específicos e que implica algum investimento, pelo que, se pretende adquirir uma solução com a máxima qualidade e segurança, deverá procurar aconselhamento profissional especializado. No nosso site, pode fazer uma simulação e descobrir qual a solução de ar condicionado ideal para a sua casa e qual o potencial de poupança. Pode ainda pedir a visita de um técnico credenciado para um aconselhamento personalizado e ainda ver todos os preços e comprar o ar condicionado que desejar, através da nossa loja de equipamentos. E lembre-se: mesmo que o investimento inicial seja elevado, o ar condicionado é, à partida, o método mais eficaz e rentável de climatizar a sua casa.