Todos temos roupa para lavar, mas nem sempre sabemos os truques ideais para poupar: quer nas contas de casa quer no ambiente. Siga estes passos para uma lavagem de roupa mais inteligente.

1. Separar, separar, separar

Nem todas as roupas são iguais, nem todas têm as mesmas necessidades. Porquê colocar vários quilos de roupa a lavar num programa longo, com pré-lavagem e com temperatura elevada, quando apenas uma camisa está particularmente suja? Às vezes compensa lavar à mão. Ou esperar para fazer uma máquina com necessidades energéticas mais elevadas.

Separar as roupas por cores e por tipo de tecido também é essencial para uma boa poupança e lavagem adequada. E lembre-se: ao proteger as suas roupas, estas duram mais tempo, evitando que tenha que gastar dinheiro em roupa nova.

2. Escolha bem a sua máquina de lavar roupa

Não faltam no mercado opções de máquinas de lavar roupa: diversas marcas, vários formatos, para múltiplos orçamentos. Cada família terá as suas necessidades específicas mas, ao escolher o equipamento para sua casa, não se esqueça de alguns fatores fundamentais: opte por máquinas de lavar económicas, que permitam consumos reduzidos, com alta eficiência energética. Veja aqui a nossa seleção das melhores máquinas de lavar roupa.

3. Prepare a roupa para a lavagem

Nem toda a roupa exige uma pré-lavagem. Aliás, a maior parte da roupa está ‘apenas’ usada, sem nódoas ou sujidade de maior, necessitando apenas de um ciclo curto, a baixas temperaturas, para ficar bem lavada e cheirosa.

Se alguma peça tem uma nódoa que parece ser mais resistente, faça a sua pré-lavagem: coloque-a de molho previamente durante algumas horas ou a corar com sabão azul e branco, como faziam as nossas avós. Depois, basta juntar esta peça à restante roupa, colocar na máquina e escolher um programa económico.

4. Maximize a carga da máquina

Às vezes pode parecer tentador despachar uma máquina que ainda não está meia cheia e adiantar trabalho. Mas isso representa um grande desperdício energético e de água. Faça questão de encher a máquina, potenciando ao máximo a sua capacidade.

Se tiver poucas peças de roupa de cor sujas, é preferível esperar para juntar as suficientes para encher o tambor. Se forem poucas e tiver pressa, pense duas vezes: não valerá a pena lavá-las à mão?

Mas não leve este conselho ao extremo: deixe sempre alguma margem no tambor da máquina para que a roupa possa rodar livremente, garantindo assim que fica limpa e que não se amarrota em demasia.

5. Escolha bem os programas usados

A tentação de escolher sempre o mesmo programa é alta, pois evita que tenha que pensar a cada nova máquina de roupa que faz. Mas a tendência será para escolher ciclos longos e com temperaturas mais altas, que garantem que toda a roupa fica bem lavada. Porém, isso vai custar-lhe muito mais dinheiro ao final do mês.

Escolha o programa adequado a cada tipo de conjunto de roupa que vai lavar. Normalmente os ciclos económicos são suficientes para que a sua roupa fique limpa e perfumada.

6. Dê atenção ao detergente

Escolha o tipo de detergente que mais se adequa à roupa que vai lavar e tenha atenção aos rótulos para ver as quantidades recomendadas.

A quantidade certa de detergente é importante - normalmente, não é preciso muito para que a roupa fique bem lavada. Mas deve ter em atenção uma coisa: as quantidades de detergente variam conforme a dureza da água. Há zonas como o Oeste e a Margem Sul onde a água é mais dura, e por isso a lavagem deve levar mais detergente e também anti-calcário. Por isso, consulte sempre o rótulo.

E lembre-se: detergente em excesso é mais difícil de enxaguar, deixando alguns detritos na roupa, que vão exigir mais água para a sua dispersão. Ou seja, não só a fatura vai aumentar como o ambiente será prejudicado.

7. Faça uma boa manutenção da máquina

Uma máquina em bom estado e bem cuidada equivale a eficiência na lavagem. Eficiência equivale a poupança.

Escolha bons detergentes, recomendados pelo fabricante, e dê atenção ao reservatório de detergente e aos filtros, para que estejam sempre limpos. Isso vai poupar no consumo de água e garantir que uma lavagem é suficiente para a sua roupa ficar impecável.

E se precisar de assistência técnica para a máquina de lavar, garanta que escolhe um serviço profissional de confiança.

8. Escolha a roupa que comprar com atenção

Veja as instruções de lavagem antes de comprar as suas peças de roupa. Algumas exigem ser lavadas a seco, o que vai implicar um aumento dos gastos, impossibilitando que sejam colocadas a lavar com a restante roupa. O mesmo vale para delicados, sedas, lãs. Se forem peças para uso frequente pense bem se as quer comprar. Há tecidos mais fáceis de manter que outros. E com uma manutenção mais económica.

9. Tenha atenção às tarifas de eletricidade

Um dos fatores que pode ser essencial para poupar na hora de lavar a roupa é a opção horária associada ao seu tarifário de eletricidade – que determina se o preço é o mesmo a qualquer hora (tarifa simples) ou se há horários com preços distintos (bi-horária/tri-horária).

Certifique-se que liga a máquina de lavar roupa – e as outras máquinas – à hora que lhe é mais económica. Muitas máquinas recentes permitem programar a lavagem para determinada hora.
Se tiver tarifa bi-horária ou tri-horária, não se esqueça de ver a que horas paga menos eletricidade para garantir que faz as máquinas de roupa no horário mais económico.

Se for cliente EDP Comercial, pode consultar o seu tarifário na sua área de cliente. Se quiser saber se tem o tarifário ideal para si, simule aqui.

10. Evite a lavandaria

As contas de lavandaria podem ser bastante altas. Em média uma ida a uma lavandaria é três vezes mais cara do que se lavar a mesma quantidade de roupa em casa. Por isso, evite estes serviços. Leia bem as etiquetas da sua roupa: a maior parte das roupas podem ser lavadas na máquina e outras à mão, significando que pode tratar da sua roupa em casa, poupando o gasto em lavandaria, que deve deixar apenas para peças de grande dimensão - como tapetes.

Se procura uma máquina de lavar roupa, espreite alguns dos melhores e mais eficientes modelos do mercado.