Perguntas frequentes

    Apoio ao cliente Contratos

    Benefícios Sociais ou Condições Especiais

    Posso ter Tarifa Social?

    Pode, desde que cumpra as condições de elegibilidade definidas na lei. A Tarifa Social é um desconto adicional na eletricidade e/ou no gás natural que se destina aos consumidores economicamente vulneráveis e é acumulável a qualquer oferta da EDP Comercial.

    Ver mais

    Como posso beneficiar da taxa de IVA 13% no consumo eletricidade em famílias numerosas?

    Deverá preencher e enviar o formulário apresentado com um dos seguintes documentos.

    Ver mais

    Em que circunstâncias é aplicada a taxa intermédia de IVA 13% no consumo de eletricidade?

    A taxa intermédia de IVA (13%) é aplicada a consumos de eletricidade de todos os contratos com potência não superior a 6,9 kVA por períodos mensais de 30 dias, com os limites a seguir apresentados.

    Ver mais

    O que é o regime de apoio extraordinário ao consumo de energia elétrica?

    É um apoio financeiro, de caráter extraordinário e temporário, adotado pelo Governo, associado ao aumento do consumo de eletricidade verificado durante o confinamento e à descida acentuada da temperatura registada em janeiro de 2021. Saiba mais aqui.

    Ver mais

    Como registar clientes com necessidades especiais?

    Se for um cliente com necessidades especiais (limitações visuais, auditivas, olfativas ou no domínio da comunicação oral), deve entregar o respetivo formulário e a declaração médica comprovativa da necessidade. Saiba como solicitar.

    Ver mais

    Como registar clientes prioritários?

    Clientes prioritários são aqueles que prestam serviços de segurança ou saúde fundamentais à comunidade e para os quais o fornecimento de eletricidade ou de gás natural é essencial. Se for um cliente prioritário, deve entregar o respetivo formulário.

    Ver mais

    Como saber se sou elegível para a suspensão da interrupção de fornecimento até 31 de dezembro?

    Todos os titulares de contrato que se encontrem em situação de desemprego, infeção por COVID-19 ou em que se verifique quebra de rendimentos do agregado familiar superior a 20% são elegíveis para o pedido de suspensão de fornecimento até 31 de dezembro.

    Ver mais

    Fale connosco

    Fale connosco caso não encontre resposta às suas questões.