Índice de Sustentabilidade Dow Jones World

 


Em 2016 a EDP voltou a integrar pelo 9º ano consecutivo o índice de Sustentabilidade Dow Jones, a nível mundial.

Índice de Sustentabilidade Dow Jones World

A avaliação da EDP em 2016 traduziu-se numa subida de 6 pontos em termos globais, 9 pontos na dimensão económica, 4 na dimensão ambiental e 6 na dimensão social. A EDP ficou a 2 pontos do líder de sustentabilidade, melhorando a sua posição face a 2015, em 6 pontos. Obteve 89 pontos, ocupando a 4ª posição no universo total das utilities eléctricas mas, considerando o universo comparável, empresas que integram as actividades de produção, distribuição e comercialização, encontra-se na 2ª posição.  Em 2016 deve destacar-se o facto de ser o Top2 na dimensão social no universo total das utilities eléctricas, mas considerando o universo comparável encontra-se na 1ª posição. Deve destacar-se ainda o facto de ser líder com pontuação máxima 100 nos seguintes critérios: Biodiversidade; Gestão da Água; Desenvolvimento do Capital Humano; Reporte Social. De salientar também que a EDP foi líder sem a pontuação máxima nos seguintes critérios: Atração e Retenção de Talentos e Indicadores de Práticas Laborais e Direitos Humanos.

Este índice avalia, de forma muito seletiva e exigente, o desempenho em sustentabilidade das empresas e a sua adaptação às tendências de mercado. Em 2016, a EDP aumentou a sua pontuação para 89 (83 em 2015), mantendo a sua posição no Índice Mundial pelo 9º ano consecutivo. Este ano, foram analisadas 1.986 empresas do universo bolsista S&P Global BMI e menos de 16% foram incluídas no índice mundial. 

O Dow Jones Sustainability Index nasceu em 1999 como o primeiro benchmark do desempenho financeirodas empresas líderes em sustentabilidade a nível global. As empresas que constam da família de índices de sustentabilidade Dow Jones são classificadas como as mais capazes de criar valor para os accionistas, a longo prazo, através de uma gestão dos riscos associados tanto a factores económicos, como ambientais, sociais e de governo da sociedade.

A importância dada pelos investidores a este índice é reflexo de uma preocupação crescente das empresas e outras organizações sem fins lucrativos com um mundo sustentável. O seu desempenho financeiro está, desta forma, intrinsecamente associado ao cumprimento de requisitos de sustentabilidade que atravessam todas as áreas da vida empresarial e que cruzam aspetos económicos, sociais e ambientais.

A S&P Dow Jones Indices e a RobecoSAM elaboraram uma família de índices de sustentabilidade que compreendem o índice de sustentabilidade global (DJSI Wordl), regional (e.g. DJSI Europe) e país (e.g. DJSI Chile):

> Dow Jones Sustainability World Index - Este índice reúne, para cada indústria, as empresas consideradas a nível global, que se encontram nos primeiros 10% da classificação em termos de sustentabilidade.

> Dow Jones Sustainability Europe Index - Como indicador para os investimentos sustentáveis na Europa, o Dow Jones Sustainability Europe Index (DJSI Europe) reúne as empresas líder em termos de Sustentabilidade na Europa. O grupo de empresas abrangidas por este índice inclui as que se encontram nos primeiros 20% da classificação em termos de sustentabilidade.

> Dow Jones Sustainability North America IndexDow Jones Sustainability Asia Pacific Index e Dow Jones Sustainability Koera Index, Emerging Markets, Chile e Australia - Estes índices reúnem as empresas nos primeiros 20% (primeiros 10% no caso dos Mercados Emergentes; primeiros 30% no caso da Coreia e Austrália; primeiros 40% no caso do Chile) da classificação em termos de sustentabilidade das respetivas áreas geográficas.

A composição destes Índices de Sustentabilidade decorre de uma avaliação feita pela RobecoSAM, uma entidade de gestão de investimentos sustentáveis que avalia e ordena as empresas em função do seu grau de cumprimento de critérios de sustentabilidade nas suas três dimensões: económica, social e ambiental. O peso de cada uma destas dimensões pode variar, anualmente, de acordo com as melhores práticas em cada momento.

A S&P Dow Jones elabora, depois, os índices a partir da classificação em sustentabilidade, por indústria e grupo de indústria, efetuada pela RobecoSAM.

As fontes de informação usadas pela RobecoSAM são:

> Questionário rigoroso preenchido pela empresa e específico para cada sector;

> Documentos como Relatórios Anuais e de Sustentabilidade, de Saúde e Segurança, Sociais, Financeiros ou outra documentação da companhia;

> Relatórios dos media ou de stakeholders e outra informação pública disponível;

> Contacto pessoal com as empresas;

> Monitorização contínua das empresas componentes dos índices utilizando fontes públicas de informação (e.g. Factiva; Reprisk). 

A inclusão de uma empresa nestes Índices traz-lhe muitos benefícios, tangíveis e intangíveis. Para além de haver um reconhecimento público de liderança em áreas estratégicas de dimensão económica, ambiental e social, há um reconhecimento importante dos investidores, clientes e até legisladores. A inclusão nos índices é, também, um reconhecimento de uma gestão de risco equilibrada.

Para a EDP, o esforço de entrada nos Índices de Sustentabilidade Dow Jones permite, também, traçar objetivos claros e precisos no que respeita a uma atividade sustentável. A constante avaliação da empresa e a atualização dos critérios criam no Grupo um rigor indiscutível em todos os âmbitos de actuação.

As práticas da empresa, avaliadas para inclusão nos Índices, tocam áreas como:

> Criação de Valor (criação de valor para o Acionista; aumento da produtividade e eficiência; compromisso de orientação para o Cliente); 

> Eficiência na utilização de recursos;

> Proteção do Ambiente e da Biodiversidade;

> Integridade;

> Diálogo com as partes interessadas (relacionamento aberto e transparente com clientes, investidores, fornecedores, colaboradores; reportar de forma credível o desempenho da empresa em todas as áreas);

> Gestão do Capital Humano (implementar sistemas que garantam saúde, segurança e bem-estar do colaborador, promover desenvolvimento de capacidades, rejeitar práticas abusivas e discriminatórias);

> Promoção do acesso à Energia;

> Apoio ao Desenvolvimento Social.

A EDP integrou, pelo 8º ano consecutivo, o Índice de Sustentabilidade Dow Jones World. A EDP obteve uma pontuação de 83, num total de 100 pontos absolutos, mais 31 pontos percentuais do que a média da indústria. Esta avaliação global reparte-se em 83 pontos na dimensão económica (+26 do que a média da indústria), 78 pontos na dimensão ambiental (+34 do que a média da indústria) e 90 pontos na dimensão social (+32 do que a média da indústria). A EDP liderou, com pontuação máxima de 100, nos critérios Scorecards/Sistemas de Controlo de Informação de Gestão, Gestão do Risco de Preço e Práticas Laborais e Direitos Humanos.

Em 2014, a EDP integrou, pelo 7º ano consecutivo, os índices Dow Jones de Sustentabilidade (DJSI), com 88 pontos, sendo considerada a empresa líder do Grupo de Indústria das Utilities: Electricidade, Água e Gás.

Na dimensão económica, com 89 pontos, a EDP mantém a pontuação máxima (100 pontos), nos critérios Price Risk Management, Risk & Crisis Management e Scorecards/Measurement Systems.
Para além da Biodiversidade, que é um critério em que a EDP tem vindo a obter a pontuação máxima, na dimensão ambiental o critério Water Related Risks obteve uma melhoria significativa, atingindo os 100 pontos.

A empresa manteve a pontuação na dimensão social, assim como a liderança no critério Human Capital Development.

A pontuação alcançada é a prova da consolidação das boas práticas que a EDP tem implementado transversalmente nos seus negócios e em todas as geografias onde está presente.

A EDP é líder mundial das Utilities nos índices Dow Jones de Sustentabilidade (DJSI). Pelo 6º ano consecutivo integra os índices de sustentabilidade DJSI World e Europe.

Em 2013, a EDP é líder das Utilities: Electricidade, Água e Gás, com a pontuação mais alta atribuída por este índice até então: 90 pontos.

Na Dimensão Económica, a EDP obteve 91 pontos, um ponto abaixo do líder. Obtendo o melhor score (100) nos critérios Price Risk Mangement", "Risk & crisis management” e "Scorecards/Measurement Systems".

Na Dimensão Ambiental, obteve a maior pontuação do sector (89 pontos), com melhor score (100) em Biodiversidade.

Na Dimensão Social, com 90 pontos, é líder do sector a nível do Desenvolvimento do Capital Humano (100).

A EDP melhorou em critérios como: Códigos de Conduta, Customer Relationship, Antitrust Policy, Corporate Governance, Operational Eco-Efficiency, Electricity Generation, Transmission&Distribution, Water Related Risks e Occupational Health and Safety.

Os Índices Dow Jones de Sustentabilidade são considerados dos mais rigorosos na avaliação do desempenho a nível mundial.

Reconhecida internacionalmente pelas suas práticas de Responsabilidade Social Corporativa a EDP prossegue o compromisso assumido com o desenvolvimento sustentável, reafirmando a sua capacidade de criar valor para os seus accionistas e sociedade.

EDP no top da sustentabilidade mundial
Pelo 5º ano consecutivo, o Grupo figura entre as elétricas com melhor desempenho nos índices Dow Jones de Sustentabilidade.

Em 2012, a EDP mantém uma posição de alto desempenho nos índices Dow Jones Sustainability Index, a nível mundial e europeu, figurando assim entre as elétricas mais sustentáveis.Num universo em que a média de avaliação em 2012 foi de 61 pontos, a empresa atingiu a maior classificação de sempre, 87 pontos, igualando o líder de sector eléctrico e do supersector das utilities.

Áreas como a gestão integrada do risco; os sistemas de controlo de gestão; a biodiversidade; o desenvolvimento do Capital Humano; o envolvimento com as partes interessadas e o envolvimento com a sociedade em termos de cidadania empresarial tiveram 100 de pontuação. A empresa vê assim reconhecido internacionalmente o desempenho de excelência nas áreas que elegeu como prioritárias na sua estratégia de desenvolvimento sustentável. 

O Grupo tem vindo a afirmar-se nos mercados internacionais e junto dos investidores socialmente responsáveis. A EDP é avaliada pela maioria de agências financeiras mundiais especializadas em investimento sustentável, sendo recomendada como opção de investimento socialmente responsável pela esmagadora maioria, constando dos respectivos índices.

A sua capacidade de criar valor para os seus acionistas e para a sociedade, num ambiente muito competitivo e em constante mudança sem abdicar de uma visão de longo prazo, foi agora de novo confirmada pela avaliação que nos foi feita pela SAM – Sustainable Asset Management AG, para integrar os DJSI-Mundial e Europeu.

 

Pelo segundo ano consecutivo, a EDP é líder mundial nos Índices Dow Jones de Sustentabilidade, nas empresas do Sector Eléctrico.


Pelo quarto ano, a EDP está presente no Dow Jones Sustentabilidade World Index (DJSI World) e no European Dow Jones Sustentabilidade Europe Index (DJSI Europe), mantendo pelo segundo ano consecutivo a liderança mundial so Sector Eléctrico.

Este ano, a empresa obteve uma classificação de 86 pontos, subindo 2 pontos em relação ao ano de 2010 e é líder mundial na Dimensão Social.

Na Dimensão Económica, a EDP continua a ser uma das melhores empresas do sector. De salientar a manutenção da pontuação máxima no critério Risk & Management.

A melhoria da nossa posição na Dimensão Ambiental corresponde a uma melhoria do alinhamento com as melhores práticas e é o resultado dos esforços que têm sido desenvolvidos, quer na área da biodiversidade e da gestão ambiental, quer na estratégia relativamente a alterações climáticas. Destaca-se a pontuação máxima nos critérios de Biodiversidade e Alterações Climáticas.

Num conjunto de 22 critérios, a EDP tem a melhor prática em 10 critérios e atingiu a pontuação máxima em 6.

A inclusão da EDP nos índices Dow Jones de Sustentabilidade é um reconhecimento do compromisso assumido para com o Desenvolvimento Sustentável e traduzido quer num reforço das melhores práticas de Corporate Governance, quer na estratégia de expansão das energias renováveis e na utilização de tecnologias de produção mais eficientes ou, ainda, num permanente compromisso com o desenvolvimento dos Recursos Humanos e na estreita ligação com os “Stakeholders” e no compromisso com a Sociedade.

A inclusão nos índices Dow Jones de Sustentabilidade é conseguida através de um rigoroso processo de avaliação realizado pelo SAM Group que incorpora, nomeadamente, um questionário com 116 questões e onde são apreciados, e evidenciados os aspectos fundamentais das três dimensões do Desenvolvimento Sustentável: Económica, Ambiental e Social.

A EDP é líder mundial nos Índices Dow Jones de Sustentabilidade, nas empresas do Sector Eléctrico. Pelo terceiro ano consecutivo, a EDP integra o Dow Jones Sustainability World Index e o European Dow Jones Europe Index.
 
 
A EDP é a primeira empresa portuguesa a ser líder mundial dos índices Dow Jones de sustentabilidade. A empresa manteve uma posição destacada de liderança das práticas de Desenvolvimento Sustentável e é, pela primeira vez, Best in Class na Dimensão Social.

Na Dimensão Social mantém a sua posição de destaque, sendo pela primeira vez considerada como Best in Class, atingindo 89 pontos (mais 4 pontos do que em 2009). Destaca-se a manutenção da pontuação máxima nos critérios Desenvolvimento Capital Humano (Human Capital Development), Diálogo com as Partes Interessadas (Stakeholder Engagement) e Relato Social (Social Reporting) e Best in Class sem a pontuação máxima, pela primeira vez, no critério Indicadores de Práticas Laborais (Labor Practice Indicator).

Na Dimensão Económica, a EDP continua a ser uma das melhores empresas do sector, mantendo a pontuação de 2009 (88 pontos), e sendo Best in Class com a pontuação máxima (100) nos critérios Price Risk Management, Scorecards and Measurement Systems e Risk & Crisis Management.

Na Dimensão Ambiental, com uma pontuação de 77 pontos (mais 3 pontos do que no ano anterior), a EDP evidencia a melhoria do alinhamento com as práticas do Sector, em resultado dos esforços desenvolvidos, nos domínios da gestão ambiental, em particular no que respeita à biodiversidade e à estratégia de alterações climáticas. Destaca-se a pontuação máxima nos critérios Biodiversity, Climate Strategy e a melhor pontuação no critério Electricity Generation.

Em suma, num conjunto de 22 critérios, a EDP é Best in Class em 10, obtendo em 8 deles a pontuação máxima.

A inclusão nos índices Dow Jones de Sustentabilidade é o reconhecimento do compromisso assumido pela EDP para com o Desenvolvimento Sustentável, traduzido na continuada melhoria das práticas de Corporate Governance, na estratégia de crescimento nas energias renováveis, na utilização de tecnologias de produção mais eficientes, num permanente compromisso com o desenvolvimento dos Recursos Humanos e na estreita articulação com os seus Stakeholders.

Em 2009, a EDP foi seleccionada, pelo segundo ano consecutivo, para integrar os Índices Dow Jones de Sustentabilidade World e STOXX sendo, dessa forma, uma das 13 melhores empresas do sector eléctrico do mundo e uma das 7 melhores a nível Europeu.

Os Índices são sujeitos a uma revisão anual. A avaliação das candidaturas, que identifica e classifica as melhores práticas no domínio do desenvolvimento sustentável, decorreu de Junho a Agosto de 2009, tendo sido divulgada a lista das empresas seleccionadas para os vários índices no dia 3 de Setembro.

A EDP melhorou substancialmente a sua pontuação, com um aumento de cerca 9 % em relação a 2008 e reduziu muito a sua distância para o novo líder mundial do sector, que tem apenas mais 2 pontos.A EDP atingiu os 100% em 6 dos 21 critérios avaliados: Gestão de Risco, Controle do Risco de Preço, Sistemas de Score Card, Envolvimentos com os Stakeholders, Desenvolvimento de Capital Humano e Reporte Ambiental. A EDP foi ainda considerada a melhor empresa na Biodiversidade (98%) e Produção de Electricidade (92%).As melhores práticas são avaliadas com base em 21 critérios, repartidos pelas dimensões económica, ambiental e social, e utilizam quer informação fornecida pela empresa candidata, quer informação publicamente disponível.

A selecção das empresas que integram os Índices é feita a partir de um universo de cerca de 2.500 empresas (das quais, este ano, 6 empresas portuguesas), de 51 países e 57 sectores de actividade. Para o Índice Dow Jones de Sustentabilidade STOXX, o universo é de 600 empresas, de 17 países e 49 sectores de actividade.A continuação da EDP como membro destes índices é um factor fundamental de reconhecimento do aprofundamento das práticas de desenvolvimento sustentável e da sua crescente incorporação no quadro de valores culturais do Grupo.     


 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.