sustentabilidade > Risco > Risco Ocupacional > Risco Ocupacional

Risco Ocupacional

Considera-se Risco Ocupacional a possibilidade de um trabalhador sofrer um determinado dano derivado do seu trabalho.

Os riscos ocupacionais estão associados a causas de natureza humana (comportamentos individuais e metodologias no desenvolvimento dos trabalhos), de natureza técnica (ambiente de trabalho, equipamentos, ferramentas, máquinas e materiais) ou ainda causas exteriores ao trabalho (condições climatéricas adversas ou outras provocadas por terceiros). Os riscos ocupacionais surgem muitas vezes associados a riscos de acidentes industriais e de impactos ambientais.

Tipicamente estes acidentes estão associados a riscos de origem elétrica, quedas,  sobreesforços, circulação, projeção ou queda de objetos, etc.

Os principais meios de gestão e controlo dos riscos ocupacionais, são evidenciados por:

> Uma Política de segurança da EDP do Grupo EDP aprovada pelo Conselho de Administração Executivo;

>
Uma Gestão da Segurança baseada em referenciais normativos internacionais (OHSAS 18001) onde se destacam a certificação dos principais Centros Eletroprodutores. 

 Um processo de avaliação e controlo de riscos aplicado a todos os trabalhadores, instalações e prestadores de serviço do Grupo EDP;

> Um sistema de medicina no trabalho assente na avaliação dos riscos ocupacionais e com o consequente estabelecimento de protocolos médicos, associados às funções e atividades dos trabalhadores;

> Um processo contínuo de formação em matérias de segurança aos seus trabalhadores  e prestadores de serviços; 

 Estabelecimento de procedimentos de Controlo Operacional para todas as atividades desenvolvidas;

> A existência de planos de emergência/evacuação para todas as instalações que são anualmente  testados;

> O estabelecimento de um plano anual de auditorias e inspeções de segurança  aos trabalhos/obras realizados por trabalhadores EDP quer por trabalhadores prestadores de serviços;
 
> A diponibilização de Equipamentos de Proteção Coletiva e Individual de acordo comas avaliações de risco efetuadas a todas instalações, obras e atividades desenvolvidas.

A reparação de acidentes de trabalho está coberta por um seguro de acidentes de trabalho, que inclui os acidentes em serviço, os acidentes de deslocações “in-itinere” e os acidentes de prática desportiva no âmbito do Clube do Pessoal.

A EDP tem de um Plano de Gestão de Crise (PGC) que permite dar resposta  a situações de emergência resultantes de acidentes e desastres naturais que envolvam pessoas e instalações.
O PGC da EDP tem como objectivo definir os procedimentos, a formação e treino complementares para que, perante uma eventual crise, a resposta da EDP surja efetivamente coordenada por pessoas preparadas para proteger vidas humanas, zelar pelo serviço prestado aos clientes e pela comunidade que servimos e preservar os recursos e património da EDP, como ainda estabelecer os critérios para a comunicação para o público interno e externo.

Todas as instalações do Grupo EDP possuem também os seus próprios planos de emergência/evacuação onde são identificados possíveis cenários riscos. Estes planos são testados periodicamente para avaliar a preparação e organização da formação.
 


 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.