media > Notícias > 2017 > EDP e Jimmy P desafiam jovens a escolher o futuro sem barreiras nem preconceitos

EDP e Jimmy P desafiam jovens a escolher o futuro sem barreiras nem preconceitos

sexta-feira, 17 de Março de 2017

Alunos do 7º ao 12º ano desafiados a escolher uma profissão. Escolas com maior mobilização recebem um concerto do Jimmy P.

  A EDP lança hoje, em conjunto com o músico Jimmy P, o projeto “Tagga o teu Futuro”, uma iniciativa dirigida a alunos entre os 12 e 18 anos, que envolve cerca de mil escolas de todo o país e que tem como objetivo promover a mudança na sociedade para um caminho de maior diversidade e inclusão.


Com o single “Handz Up” o músico dá voz a esta causa ao desafiar os jovens a serem ousados nos seus sonhos e acreditarem num futuro sem barreiras e preconceitos. No videoclip da música “Handz Up”, que assinala o arranque desta iniciativa da EDP, Jimmy P apela aos jovens para não baixarem os braços e acreditarem em si: “Ser diferente não é ser inferior. É ser igual a ti mesmo e conheceres o teu valor.”

O envolvimento das escolas e dos jovens é feito através de uma plataforma [taggaoteufuturo.edp.pt] onde, como primeiro desafio, cada um dos alunos poderá fazer a sua participação. O objetivo é que cada jovem possa ‘taggar’ o seu futuro e assinalar a profissão dos seus sonhos, sem barreiras nem preconceitos.

As escolas com maior nível de mobilização até ao próximo dia 21 de abril, serão conhecidas no início de maio e receberão um concerto do Jimmy P.

Como segundo desafio e em parceria com o projeto Inspiring Future, os professores serão convidados a mobilizar os seus alunos, em contexto de aula, a debater as limitações com que se deparam no dia-a-dia e a refletir sobre possíveis soluções, identificando os recursos necessários para o efeito. As iniciativas vencedoras serão apoiadas pela EDP através de um conjunto de mentores, incluindo o Jimmy P, para apoiar a sua concretização.

Promovido pela EDP, o projeto “TAGGA O TEU FUTURO” pretende ajudar a mudar mentalidades, sabendo que os jovens realizam escolhas, na maioria dos casos, condicionadas por barreiras ou preconceitos que lhes são impostos pelo seu contexto, origem ou características pessoais.

“A EDP acredita que o respeito pelo ser humano, que se traduz na sua diversidade individual e na representatividade presente nas comunidades em que se insere, é um imperativo moral e um dever ético na sua atuação como empresa socialmente responsável. Para nós este posicionamento tem que fazer parte da nossa cultura, mas também servir para mudar a cultura que nos rodeia. A EDP considera que, através de uma aposta nas futuras gerações, conseguiremos ter um papel ativo na mudança de mentalidades e na crescente consciencialização de que as profissões e as competências que elas traduzem não têm género, cor ou condição física. No fundo ao somarmos diferenças, ganhamos futuro! Ao escolhermos o Jimmy P como embaixador deste projeto pretendemos fazer chegar esta mensagem aos jovens através de uma das principais formas de comunicação - a música”, explica o Diretor Adjunto de Recursos Humanos da EDP, responsável pela área de Diversidade e Inclusão, João Tavares.

Para o músico Jimmy P, o objetivo é ajudar os jovens a lutar pelos seus sonhos, promovendo a diversidade e a inclusão no sítio onde eles passam mais tempo – a escola. “Identifico-me com este projeto a 100% e passo essa mensagem na minha música. Gostava que os jovens seguissem os seus sonhos, sem medo. Eu sonhava ser músico, e sou. Vivi em França, vim para Portugal para jogar futebol, mas prefiro mil vezes mais fazer música. Nem sempre tive apoio ou a aprovação dos outros, mas nunca desisti do meu sonho.”, conta o artista.

 
 

 

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico.